Quero competir!

O que posso esperar? O que devo fazer? Que expectativas devo ter?


Todos os dias recebo mensagens de pessoas que querem competir. Algumas, ainda nem meio ano de treino têm, outras já têm experiência de treino e uma boa base. É importante na minha opinião ter bem claro o motivo pelo qual ser quer subir a palco. È comum as pessoas caírem na armadilha de fazer algo só porque viram alguém fazer e acharam engraçado. Ou simplesmente porque é uma tendência. Seja qual for o motivo, a sinceridade a respeito do motivo será algo valioso.


As pessoas que ainda não têm muito tempo de treino, deverão planear as coisas a longo prazo. A competição é o resultado de acções bem feitas, ao longo do tempo em que se procura atingir uma determinado aspecto provido de massa muscular, simetria, percentagem de gordura super baixa e uma boa apresentação. Tudo que vale a pena, leva o seu tempo a ser construído e a competição não é excepção.


Mais importante que perceber o motivo pelo qual se quer competir, acho crucial responder a estas perguntas:


- estás preparado(a) para comer quando não tens apetite, e controlar o apetite quando não podes comer?


- estás disposto (a) a sentir cansaço, irritação, mudanças de humor, algumas variações de pensamentos, e ainda assim cumprir com tudo sem desvios?


- estás disposto (a) a abdicar de jantares, festas, aniversários ( pelo menos no que diz respeito á parte alimentar) em prol de te manteres no plano?


- estás disposta a mover grande parte da tua energia emocional e física nesta actividade?


- As coisas á tua volta, têm uma estrutura sólida ou minimamente sólida? ou são tudo castelos de areia?


Eu estou a pintar o cenário mais negro porque efectivamente em algum ponto da preparação poderá vir tudo e mais alguma coisa. Não temos que ter o cenário perfeito para começar uma preparação, mas temos que ser realistas a aspectos concretos.

Se não tens um rendimento mensal fixo por exemplo, a competição vai te sugar algum dinheiro, em alguns casos, bastante dinheiro. Então a tua activadade actual vai suportar isso tudo? Se acabaste de ter um filho, poderá ser a melhor altura?

Estas respostas são individuais, não ha certo ou errado, ha certo ou errado para ti. Mais uma vez o diálogo interior sincero será o teu maior aliado.


Coisas que farão parte da tua rotina diária


- preparar refeições, confecionar e pesar a comida, distribuindo-a por mamitas que andam contigo para onde quer que vás


-cardio em jejum ( isto é uma variável que poderá vir a tomar uma grande parte da tua vida, dependendo do teu fisico e de como as coisas são feitas)


- treino de musculação


- treino de poses


Isto são os requisitos mínimos para uma preparação, que quando o nivel de energia é baixo, podem parecer extenuantes e impossíveis de concretizar.

Durante o processo, costuma haver uma evolução física, mas também uma evolução psicológica uma vez que estarás sujeito a enfrentar os teus limites, estarás e serás colocado à prova, respondendo à pergunta: "È isto mesmo que tu queres?" E isto vai soar na tua cabeça várias vezes.


A par destes requisitos mínimos, tens que continuar a coexistir como ser humano que tem amigos, que trabalha, que tem namorada(o), que tens responsabilidades. O grande desafio está em, conseguir manobrar todas as vertentes que te exigem presença.


Escolhendo a data da prova, vais necessitar de esquematizar o processo todo. Um período para ganho de massa muscular e um período para manter essa mesma massa muscular e eliminar a massa gorda, deixando os músculos completamente definidos. O tempo que cada um necessita vai variar de pessoa para pessoa, mas a abordagem mais comum e que eu uso mais são os 6 meses para ganho de massa muscular e os 4 meses para a fase de definição. Durante o processo todo convém manter um percentual baixo de gordura, pois extrapolar uma determinada percentagem não vai trazer nada de benéfico.

Qualquer alteração feita, deve ser gradual, não fazer ajustes desnecessários, deixar o corpo responder e não forçar nada. Todo o processo deve fluir. Nem sempre te vais sentir a crescer, nem sempre te vais sentir a definir e nem sempre as tuas sensações/ emoções serão confiáveis. Daí a importância de um preparador que te saiba orientar adequadamente.


A categoria será escolhida em primeira instancia pelo que o que cada indivíduo (a) gosta mais. Qual a categoria que te chama mais atenção?

A massa muscular vem com o tempo e nao se pode esperar que nas primeiras competições se seja um atleta de topo. Pode acontecer, mas o comum é o(a) atleta, de uma forma consistente, apresentar de prova para prova mais massa muscular, uma condição melhor, um "boneco" mais bonito. Dai ser necessário dar tempo na fase de volume e não estar sempre a competir. Tal vai impedir que a pessoa consiga uma evolução constante.


Por fim, mas tambem muito importante, durante o processo e à medida que vais evoluindo, não deixes que o pouco ou muito sucesso te subam à cabeça, nem que os valores morais se percam pelo caminho.

È triste presenciar egos insuflados, sem qualquer conteúdo que suporte esse ego. Tudo é uma miragem. As pessoas, a tua jornada, devem ser levadas com paz de espírito. Nao termines, num loop vicioso, em que por achares que por te teres superado em situações difíceis da preparação, tens o direito de magoar os que estão á tua volta ou que é mais que os outros.