Qual o melhor treino para aumentar a massa muscular?


É uma pergunta muito frequente que recebo na caixa de perguntas no meu instagram. Serão repetições baixas? Será a utilização de muito peso? Será a combinação de x exercícios? Será a utilização de super séries, de isometria, de repetições altas? Treinar 2 x o mesmo músculo, treinar só uma vez? Muito ou pouco volume?

As questões parecem ser infindáveis, e á medida que se vai conhecendo este mundo, deparamos com uma quantidade imensurável de informação, cada um a fazer apologia a um determinado método em vez de outro. Como se houvesse um casamento com determinado método e aquela pessoa. Percebam que métodos, são ferramentas, não é suposto casarmos com uma ferramenta, colocar 2 palas nos olhos para que vejamos apenas aquela ferramenta e não tenhamos olhos para mais nenhuma?

Porque haveríamos nós, de nos fixarmos em uma forma só e não passar por todas as técnicas? A verdade é que não há uma só forma de ter resultados na musculação, nem seria tão excitante se assim fosse. Ao invés de tentarmos casar com uma ferramenta, porque não abordamos o treino como uma forma de nos conhecermos? Experimentar diferentes sensações, cadencias, pesos, tempos de descanso?

Um plano de treino, pode e dever ser feito de 1001 formas, ao invés de estar sempre a trocar de treino, porque não usar diferentes técnicas com o mesmo? A ideia que há uma forma mais rápida ou efetiva de aumentar a massa muscular com um determinado treino ou divisão é limitante. O nosso corpo vai mudando, o treino deve ser periodizado, não nos devemos fixar numa só forma de treinar o tempo inteiro.

Ainda há tempos coloquei um video de treino onde claramente estou a fazer cargas altas, e repetições altas. Para tal acontecer, a velocidade de execução deve ser rápida, movimentos explosivos. Uma das mensagens que recebi e que me fez pensar efetivamente que estamos habituados a standards, a padrões, a usar uma pala foi a de:

"- se fizeres o movimento mais devagar e aumentares a minha amplitude, nao achas que terás mais resultados?"

Que se passa com vocês malta? Limitamo-nos a pensar com um neurónio? Limitamo-nos a pensar de acordo com o que livro diz? A apresentar estudos para fomentar a nossa fraca opinião, que não tem alicerce físico e concreto absolutamente nenhum?

A este tipo de perguntas, apetece-me responder:

Como está a resultar essa tua abordagem para contigo? claramente que mal. Em vez de passares mais tempo a ver e a comentar o que os outros estão a fazer mal ou bem, deverias experimentar por ti próprio, fazer por ter alguns resultados, ou ja que vês outras pessoas a fazer de forma diferente porque não abrir as palas para se poder aprender alguma coisa?

Não defendo um técnica em detrimento da outra, nem um exercicio em detrimento do outro. Não crio uma competição entre pesos livres e máquinas, não prefiro reps altas a reps baixas. Porque o haveria de fazer se posso ter tudo? Se posso usar tudo em prol de retirar proveio do treino e do meu momento?

O vosso desafio para hoje é, meus caros leitores, com o plano de treino que têm vindo a fazer, hoje, usarem exatamente os mesmos exercícios, mas mudando por completo o estimulo ou o método de o executar. Estou a abrir a vossa mente, podem me agradecer depois ;) by the way, isto é uma forma de se apaixonarem pelo processo.


  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

CONTACTO: 910 770 088

INSTAGRAM:

TIAGOT3© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. DESENVOLVIDO POR DISAINE

POLÍTICA DE COOKIES