ATITUDE PRÉ TREINO

Atualizado: 18 de Dez de 2020

O treino, como qualquer outra atividade que faças no teu dia-a-dia deve ser vista como um momento único e especial. Deve ter a merecida importância, seja ele feito com o intuito de te libertar do stress, seja ele feito por questões de saúde, é irrelevante. Merece a tua presença total, sem qualquer ruído ou preocupação. Mas que isto te sirva para o resto das atividades do teu dia-a-dia. Faz a melhor refeição que puderes, fode da melhor maneira que puderes, trabalha da melhor maneira que puderes, cuida da melhor forma que puderes. Se fores a tua melhor versão em todos os momentos, estás no caminho certo para o teu sucesso. Isso é um processo evolutivo, tem calma, pode parecer desgastante pensar que deves ser assim, mas na realidade vai te poupar tempo e trazer frutos a grande escala. O treino não é exceção. Queres tirar partido do treino, queres ser a tua melhor versão, levar o corpo e mente ao limite.


Vais ter que dizer ao teu corpo:


“vou te deixar todo todo fodido, sou eu quem manda aqui, vais conhecer a dor, vais superá-la e crescer com isso”

- isto é a tua voz interior - aquela que até agora te tem dito - “está bom assim, não puxes mais, não é necessário tanto esforço, na realidade, tu não queres ficar muito grande, só queres estar bem na praia” -

FODA-SE para essa voz!!


Pára esse pensamento. Isso é da maior pequenez que pode haver, é sentires-te satisfeito com 50 por cento de ti. Se pensas que vais ficar muito grande a treinar intenso, sejas tu uma mulher ou um homem, nem que te fodas todo, isso não vai acontecer. O máximo que pode acontecer é conseguires uma versão 10x melhor que a que tens, e se fores suficientemente esperto(a) vais perceber que a criação dessa disciplina e mentalidade vai ajudar-te em tantas outras áreas da tua vida. Portanto, primeiro passo: mudar o discurso da tua voz interior. Não sejas pequeno, sê uma mulher ou homem com “M”/ “H” grande.

Como podes mudar esse discurso da tua voz interior? Eu gosto muito de meditar. É um tema sensível e que requeria mais que um livro para ser falado, e para ser honesto, não sou a melhor pessoa para explicar o processo, sei o efeito que tem em mim, nas pessoas, como se processa, mas se quiseres saber mais a respeito procura livros que falem do tema, não sou o teu Guru espiritual.

Meditar é “estar no momento”. É uma frase que consegues absorver e entender facilmente. Sê consciente do que pensas, do que dizes a ti mesmo e inverte isso a teu favor. Discursos negativos e pessimistas são para deitar fora, constrói uma voz que te apoie, que te encoraje e motive. Isola-te 10 min, 15min, 30min. O que tiver ao teu alcance, acalma a tua cabeça e ajusta os pensamentos na frequência correta, na tua melhor vibração, como se estivesses a escolher uma rádio. Se és daquelas pessoas que diz que não tem tempo... bem... faz isso enquanto aqueces na passadeira. Esses 10 min iniciais são importantes e vão colocar-te no estado ideal para o que vem a seguir!!!

Mudaste o discurso, sentes-te enérgico e, se esse processo tiver sido bem feito, vais sentir uma espécie de arrepio constante atrás da nuca e pelo corpo todo. É o teu corpo na vibração certa. Agora sim estás pronto para explorar o teu potencial.


Um aquecimento cardiovascular é também necessário, podes fazer as 2 coisas ao mesmo tempo. 10 a 15 min será suficiente. Caminhar rápido para homens, caminhar rápido com inclinação para mulheres (a vossa bunda agradece), escadas e step são excelentes opções também!!

Faz qualquer merda, mas faz!


Outra coisa importantíssima que me esqueci de referir!! Leva o teu plano de treino já elaborado, seja ele feito por ti, ou por outra pessoa, tens que começar o treino sabendo já tudo que tens que fazer!! A energia será dirigida apenas para o exercício e não para te preocupares com o exercício que vais ou não fazer, se isso é o mais correto ou não, se haverá melhores combinações de exercícios. Leva já a porra do treino feito para não teres que andar com a cabeça as voltas!!


Na hora do treino, percebendo como podemos “brincar”, como podemos usar as mais diferentes variações e estímulos, como temos liberdade para não nos apegarmos a dogmas, estamos mais aptos a, ao treinar com coração, tirar partido do que lerem aqui. Por outras palavras, tendo consciência plena que, tendo todos os nossos recursos à nossa disposição, seremos mais capazes de tirar partido deles. É isso que vos tento trazer aqui, dar-vos consciência que existem 1001 técnicas de treino. Mas fiquem alertados para o facto de que o mais simples, o mais básico, funciona sempre. Desde que a entrega seja total.


Uma das minhas lutas passa por conseguir transpor por palavras, sejam elas verbalizadas ou escritas, aquilo que é preciso sentir. Aquilo que distingue o treino bom de um treino excelente.


Não sei se já tiverem oportunidade de ter um bom profissional a orientar o vosso treino, se não tiveram, façam por ter. Tornar-se-á mais simples perceber o que vos vou explicar. Quando temos alguém a puxar por nós e sabe exatamente como entrar na nossa cabeça, sabe perfeitamente que gatilhos puxar para tirar o melhor de nós. Nós encontramos força onde pensamos não ter. Lembrem-se, a mente vai querer desistir muito antes do corpo. Ludibriando a mente de forma eficaz, usando-a a nosso favor, conseguimos entrar num nível completamente diferente. E é esse o papel de um personal trainer, de um bom personal trainer. Então, mas quem melhor que nós próprios para sabermos que gatilhos puxar? Nem todas as pessoas têm possibilidade de pagar a um pt, e na verdade não é uma necessidade tão urgente ou tão indispensável. É como podermos andar de Ferrari ou de Opel. Vai nos levar exatamente ao mesmo local, difere no tempo que demoramos, na qualidade da viagem, mas também no preço, seja ele da gasolina como do carro em si. Portanto, vocês podem fazer o percurso por vocês mesmos. Tirando meia dúzia de treinos, em toda a minha vida treinei por mim, por vezes acompanhado. Mas fui sempre eu a conduzir a minha mente no treino. Se eu consigo, tu consegues.

Então esse dialogo interior deve não só substitui o melhor pt, mas também superá-lo! E se a cada rep, a cada série, a cada exercício, sessão de treino, o vosso dialogo for de qualidade, souberem puxar por vocês mesmos, não permitindo que a preguiça, um engate, comichão ou a dor vos trave, então, meus amigos, estão exatamente a refletir o que vos transmito aqui. Só depois disso, só depois de trabalharem nisso, faz sentido usar todas as técnicas de intensidade. Essas técnicas serão choques surpresa quando a vossa mente estiver pronta a desistir, quando houver ânsia de vómito, quando a dor for agonizante, tudo parece tão fodido e tão impossível.... e vocês mesmos perguntarem-se “é só isto que tens para dar?”

  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

CONTACTO: 910 770 088

INSTAGRAM:

TIAGOT3© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. DESENVOLVIDO POR DISAINE

POLÍTICA DE COOKIES