"MOLHOS 0", "BEBIDAS 0", TÊM ALGUM IMPACTO NO PROCESSO DE PERDA DE PESO?




Este tema sempre foi muito claro para mim e tenho 2 perspectivas sobre o mesmo. Uma como atleta e outro como preparador.


Como atleta, sei perfeitamente o que é sentir fome, sei o que é "sentir falta do doce" e também sei o que é estar em restrição, com um percentual de gordura super baixo, contando as horas para a refeição seguinte e lidando com os níveis baixos de energia que me permitem apenas sobreviver. Sei o que é poder ver numa lata de refrigerante 0, uma forma de aliviar a minha saciedade e recompensar a minha mente pela situação em que se colocou voluntariamente. Ainda assim, todos os preparadores que tive ( exceptuando um) não me deixaram ter essa mera e inocente recompensa. Afinal de contas é 0 kcal, que mal poderá ter?


A verdade é que estas bebidas acabam por ter um papel prejudicial na digestão e isso é notório quando consumidas em exagero. Não creio que tenham impacto no processo de perda de massa gorda ( quando consumidas com disciplina) mas é algo de que eu ficaria afastado e utlilizaria só mesmo em situações que possam vir a prevenir que o atleta saia da dieta para comer mais ou comer junk food. E a verdade é que há qualquer coisa nestas bebidas que aumentam o meu apetite e isso é algo que efetivamente não quero fazer quando estou numa fase destas.


Já os molhos 0,e respondendo á pergunta em cima colocada, isso é um REDONDO E ASSERTIVO sim. Estão carregados de porcaria e além de não ser um hábito saudável, é algo que efetivamente afeta a composição corporal. E não li nenhum estudo para fazer essa afirmação. Várias foram as vezes em que alguns clientes meus numa fase de corte, deixaram de responder aos ajustes feitos. Subia cardio, retirava comida, acrescentava comida, aumentava volume de treino e nada. Nestes casos eu peço para me escreverem com o máximo detalhe o que estão a fazer durante o dia, e para não esquecerem de apontar nada.

E entre as causas com que me deparo estão em primeiro lugar: o uso de molhos 0, o uso de suplementação extra não colocada no plano (usualmente sob a forma de bcaas), o uso de adoçantes para colocar na água e beber durante o dia, entre outras. De todas as vezes que tal sucedeu, bastou retirar essas variáveis para o corpo começar a responder.


E meus caros... caraças, sei que todos temos gostos e apreciamos as coisas de forma diferente, mas se vocês não conseguem tornar a vossa comida deliciosa com simples especiarias e sal, das duas uma, ou são realmente péssimos cozinheiros, ou vocês nunca passaram fome e isso seria de estranhar num fase de definição. Quando o meu apetite está ao rubro até a agua monchique me sabe a sumo. E dos 15 anos que levo comendo os mesmos alimentos, ainda não me fartei de nenhum e acreditem que não sou tão bom cozinheiro assim. Limito-me a deixar os alimentos saborosos com as especiarias e com a forma como os confeciono. O peito de frango, se ficar demasiado grelhado, já fica seco. A carne de vaca, igual. Se o arroz não ficar no ponto que quero, já não me sabe tão bem. Se a pescada for cozida, já não me agrada tanto. Se aveia estiver demasiado seca também ja não gosto. Então que tenho que fazer nestes casos? Simplesmente mudar a forma como os confeciono. Cozinhar é mais uma das actividades que deve ser feita com atenção ao que se está a fazer e dedicar o nosso tempo e gosto em que fique bem feita. Como tudo na vida.

Tenho a certeza que a partir do momento em que aprenderem a cozinhar cada uma das vossas refeições com gosto, nunca mais acharão que fazer dieta é aborrecido ou pouco saboroso.



  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

CONTACTO: 910 770 088

INSTAGRAM:

TIAGOT3© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. DESENVOLVIDO POR DISAINE

POLÍTICA DE COOKIES