DIETA DE HIPERTROFIA "ON LOW BUDGET". ( BAIXO ORÇAMENTO)

Uma dieta para hipertrofia muscular pressupõe por norma, que as quantidades sejam maiores. Há a possibilidade de teres mais variedade na dieta e experimentares diferentes combinações. È uma fase para construir massa muscular e para tal, ser importante que vás buscar os diferentes benefícios de cada alimento não deixando, claro está, uma estrutura de dieta montada onde contabilizas tudo que entra no teu sistema. Não é uma fase para ser perder o rumo ou o controlo. O que se pretende é ter matéria prima suficiente não só para criar um ambiente hormonal anabólico/ favorável, como também para aumentar o rendimento do treino, que por sua vez vai criar a necessidade de uma adaptação ao estimulo dado. Essa adaptação( chamada hipertrofia) acontece então através de um estimulo de treino, que exige uma recuperação adequada e matéria prima suficiente para a construção de novos tecidos. Mas nem toda a gente tem a possibilidade de ter 5 ou 6 fontes diferentes de proteina, 5 ou 6 fontes diferentes de fonte de gordura, de ter acesso a suplementação em condições, pois o seu orçamento não o permite. Ainda assim não desesperes, há solução para ti.






" Será possivel fazer este processo, querendo poupar dinheiro ao máximo? Se sim, quais são as dicas que me podes dar?"

Sim, durante muito tempo eu tive que contar todos os meus tostões em ordem de poder montar uma dieta que me permitisse evoluir físicamente. Eis algumas dicas:


PROTEÍNA

O macronutriente mais caro será a proteina. Será o único macronutriente que vai ser usado diretamente para construção de novos tecidos.

As fontes que eu escolhia nessa altura eram:

- carne de porco ( escolhia o corte mais limpo ou pedia para retirar a gordura extra)

- ovos ( embora seja também uma fonte gordura também, acaba por ser um alimento relativamente em conta e que pode ser combinado com as claras liquidas, cujo valor é ainda mais baixo e cujo o conteudo é apenas proteína)

- peito de frango


Percorria também todos os locais com promoções e comprava logo bastante quantidade, sempre que via uma promoção. Congelava tudo e ir descongelando à medida que necessitava.


HIDRATOS DE CARBONO

Este é o macronutriente mais barato e as minhas escolhas seriam:

- batata ( inglesa ou doce)

- arroz ( qualquer tipo)

- aveia

- massa

É também dos macronutrientes onde existe um intervalo maior em termos da quantidade necessária, de indivíduo para indivíduo. Mas mesmo comendo em grandes quantidades, vai ficar sempre mais barato que qualquer um dos outros macronutrientes.


GORDURA

Um macronutriente bastante caro, mas também é um macronutriente cujas necessidades em termos de quantidades acaba por ser menor em comparação com os outros 2.

A forma mais acessível/barata de ter acesso a uma fonte de gordura saudável, seria o azeite. E como foi referido também anteriormente, o ovo.


SUPLEMENTAÇÃO

Se eu tenho um orçamento baixo, esta seria minha ultima preocupação. E se sobrar algum dinheiro fazendo as escolhas que referi atrás, será preferível obter mais 1 ou 2 fontes de proteina distintas como salmão ou vaca, em vez de qualquer suplemento. COMIDA será sempre o factor mais importante na balança quando comparado com a suplementação! Então neste ponto da tua vida, esquece a suplementação.


Um processo de hipertrofia deve ser tão exigente como um processo de definição, tudo deve ser devidamente pensado. Não é altura para se engordar e comer de tudo, com a desculpa que "estão em bulk". Sê disciplinado em todas as fases do processo e assume um compromisso sério com os teus objectivos. O teu papel não será o de vitimização e/ou o de verbalizar que não tens as condições de x ou y. A única coisa que precisas é de disciplina e de assumir a responsabilidade pela tua mudança. A tua obrigação é fazer o máximo que podes, com o que tens!

  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

CONTACTO: 910 770 088

INSTAGRAM:

TIAGOT3© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. DESENVOLVIDO POR DISAINE

POLÍTICA DE COOKIES