CAPITULO 4 - PLANO DE AÇÃO


Que pessoas conheces que já tenham conseguido o que tu queres ? Consegues pedir lhes conselhos? Estuda-os. Que características possuem? O que vestem? Como andam, como falam, quais os seus hábitos? O que lêem? Como é a personalidade de cada um? Que pessoas deves conhecer e que pessoas te poderão ajudar a conseguires o que queres? O que podes fazer tu por essas pessoas? Que cursos deves tirar, que formações necessitas fazer? Que capacidades precisas desenvolver? Que atitude tens que ter? Quem te pode ajudar? Quem tu podes ajudar? O que podes fazer de graça em ordem de mostrar trabalho e aprenderes? Chegar a um ginásio e mostrares-te disponível para trabalhares de graça por um de- terminado tempo, eras capaz de o fazer? É uma excelente oportunidade de mostrar trabalho, aprender, inovar, mudar.


É uma excelente oportunidade de ocupares um espaço maior do que é possível para o cargo. De cresceres mais que o teu meio envolvente. Seres mais. Todas as pessoas que conheci que se tornaram maiores que o lugar que ocuparam, evoluíram de tal forma que forma que não ficaram despercebidos ao universo, a uma entidade ou à vida em si. Ou podes simplesmente fazer o indispensável para que: ou não te despeçam, ou para que te mantenha. Isso revela pouca ambição, não está errado, nem certo. Apenas perdeste tempo e dinheiro ao investir num programa destes.

Este programa está destinado aos que querem mais da vida. É para os que têm fome, é para os que sabem que estão destinados a algo mais. Não vieram à terra ap- enas para pagar contas, para contar moedas e viver na pobreza, para serem meras reduzidas versões de si mesmos, para reclamar da vida e dos outros. Não, tu és mais que isso, apenas precisas alguma orientação e isso, neste momento é o meu propósito. Não tenhas medo da competição, da concorrência. Isso não será um problema, tu és um indivíduo capaz de criar. Há abundância suficiente para todos,não precisas nem quero que pises por cima de ninguém para subir. Não será bom. Tudo tem retorno e é nessa filosofia que assenta este curso. O retorno do trabalhobem feito, do amor e da vontade. O retorno das ações bem feitas.

Agora meu caro, tu já treinas? É bom que sim.

PRATICA O EXEMPLO.

Agora, meu caro, tu já treinas? É bom que sim, e que não seja algo esporádico. É bom que treines e que o faças bem feito. Que sigas as condutas que pregas. Que passes pelo processo antes de o exigires a alguém. Que a tua imagem fale por si. Veste-te bem fora e dentro do ginásio. A tua imagem deve exaltar sucesso por todos os poros. Será o teu cartão de visita, não tens que carregar 110kg massa muscular no corpo, mas deve-se notar que treinas. Muitas coisas só as vais aprender pas- sando pelo processo e é aí que te tornas apto a lidar com elas e a ter soluções para os teus alunos. Fala, respira, anda e vive como pessoa bem sucedida, mesmo antes de o seres. Pensa como tal, reencarna essa personagem e deixa fluir. Sem pressões, sem duvidas. Agradece todos os dias a oportunidade que tens, de dar um rumo a tua vida, de o poderes fazer segundo os teus termos. Agradece também as coisas que tens e as que estão para vir.

Escreve 10 frases que te impulsionem, que te de poder, escreve as no presente. Exemplo: "Estou muito realizado por poder conduzir o meu i8" "Estou muito satisfeito por trabalhar como preparador de atletas."

"Estou muito feliz por ser reconhecido como um dos melhores preparadores nacionais."


As pessoas, as circunstâncias, as oportunidades vão aparecer, estás pronto para as receber? É bom que estejas. Não estranhes a entrada de pessoas na tua vida, de acontecimentos estranhos, mudanças, pessoas a sair da tua vida. É o universo a organizar-se para te dar o que pediste e visualizaste.

INVESTE EM TI. Esse investimento engloba várias vertentes. Imagem. As roupas que vestes, limpeza, cabelo, apresentação, higiene. Formação. Cursos, ler para aprender, ter acesso a pessoas que estão nisto a mais tempo que tu.


Cria uma imagem e sê fiel a ela. Investe em marketing e promove-te. Autoconfiança. Não ter medo de falhar. Agir com confiança. Falar com confiança, pensar com confiança. Peito aberto e cabeça alta! Como andas. Como falas com as pessoas. Como as olhas.

Não posso deixar de enfatizar este aspeto. Palavras não chegam para eu vos explicar o quão importante é este ponto! Está para lá da vossa compreensão, muito provavelmente, nesta fase da vossa vida. Mas dêem uma oportunidade e verão como isso vai resultar. Não é a toa, que eu visto roupas caras, ando de camisa e colete e sapatinho formal. Esta roupa que uso vai de encontro ao que pretendo, vai de encontro à minha melhor versão, como empresário, como empreender de sucesso, como pessoa que pode inspirar outras a querer mais. E sinto-me como peixe na água ao me vestir assim, sinto-me confortável, sexy, sinto-me com poder para levar em frente todas as coisas a que me propus. Coloca-me num estado cheio de recursos. Chamo a isto, um gatilho. Gatilhos são pequenos pormenores que se usa para despoletar determinadas sensações. Para vos dar outro exemplo: A minha companheira, uma mulher sábia cujos presentes foram sempre objetos que me lembrassem onde quero chegar. Deu-me um porta chaves com uma inscrição gravada em platina, onde fazia referência a vários pontos chave, que me lembravam do meu propósito e dos meus objetivos. Então cada vez que olhava para aquele porta-chaves, e da legenda do seu presente quando me foi entregue “isto é para ser usado, no teu carro novo” o meu estado mental mudava simplesmente para a pessoa capaz de comprar aquele carro. Ela sabia que eu queria muito comprar um carro novo, um carro específico que iria obrigar-me a desenvolver capacidades novas, a desenvolver-me como pessoa em ordem de o conseguir pagar, e era precisamente nesse estado que me colocava todos os momentos em que via o porta chaves. Rapidamente a minha mente começava a procura de formas de poder exponenciar o meu negócio, em ordem de poder atribuir mais valor, e as ideias começavam a aparecer, sendo imediatamente escritas no papel. A roupa, o investimento na melhoria da dicção, do discurso, da autoconfiança, tudo isso são gatilhos e ao mesmo tempo ferramentas para te colocares num estado cheio de recursos.

Quero que vejas o teu futuro eu, e que o querias conhecer, sentar-te com ele. Esse teu futuro eu, é a pessoa que te vais tornar em ordem de teres tudo o que desejas.

POUPA DINHEIRO E COLOCA-O NA RODA VIVA DO RETORNO.

Podes ganhar 5000, mas se gastares os 5000, simplesmente não estarás apto a con- struir a tua liberdade financeira. Não criarás riqueza nem estabilidade. É algo que as pessoas pouco fazem. E quando arranjam forma de ganhar mais, também arranjam forma de gastar esse mesmo dinheiro. Define uma percentagem que possas retirar por mês ou por pagamento individual e não mexas nesse dinheiro. Com o tempo terás acumulado uma boa quantia e não a terás gasto em ninharias que não te servem de nada. Há quem escolha poupar 10 por cento, outros 20 por cento. Tudo vai depender do quanto ganhas e do quanto tenhas em despesas fixas. Não te metas em créditos para comprar carros ou outras coisas que desvalorizam a cada dia que passa. Terás sempre uma despesa mensal da qual não te livras tão cedo. Deixa a compra de bens para quando tiveres já um bom arcaboiço financeiro. Se fores esperto, gastarás apenas o essencial que é casa, comida, formação e imagem. Pensa como uma pessoa bem sucedida, mas trabalha como se tivesses falido! Algumas pessoas tendem a amolecer quando começam a ficar confortáveis com o que têm. Já se passou comigo também. A verdade é que isso torna-os inúteis, e passado um tempo, sentimos como tal. Sobe a fasquia! Não te coloques muito confortável, e aprende a disfrutar desse compromisso. Assim que tenhas uma quantia modesta poupada, investe-a em outros projetos. Faz circular o dinheiro, dinheiro parado não rende. Encontra formas de o tornar rentável, se fores criativo e pensares um bocado, ideias não te vão faltar. Usa dinheiro para fazer mais dinheiro e teres fontes de rendimento constantes. POUPAR E INVESTIR PENSAR EM GRANDE MAS TRABALHAR COMO SE NÃO TIVESSES NADA

Observa e observa-te. Aprende a observar os outros, estuda as pessoas, percebe o que elas querem, percebe como as podes ajudar. Observa-te a ti mesmo, o que pode ser melhorado? Comprarias um serviço teu? O que te torna diferente? Tens medo de errar? Tens medo de saber se és ou não suficientemente bom? Há muita coisa que tens que trabalhar dentro de ti. Tens que te conhecer para te poderes ajudar a ti mesmo. Depois de curado, estarás apto a ajudar os outros e acrescer. O que te aconselho após finalizares este curso, antes de começar por algum lado, é que te isoles. Vai para perto da natureza, onde não vejas nem fales com ninguém. Passa 3 dias sozinho, contigo mesmo. Sem telemóvel, sem redes sociais. NADA! Algo em ti vai morrer, e algo em ti vai renascer! Assim que retomares o teu dia a dia, os velhos hábitos terão que ser eliminados logo de raiz, sem desculpas, sem preguiças, sem procrastinação. Nesses 3 dias, vais enterrar a parte de ti que não te deixa ser bem sucedido e que prende aos velhos e maus hábitos.

Procura e encontrarás. O otimismo passa pela compreensão de que a vida é uma autoprofecia. Aquilo que esperamos, com convicção, é aquilo que acabámos por ter. E isto acontece por nenhuma razão esotérica, mas porque o nosso subconsciente acaba por encontrar na realidade forma de as nossas expectativas se realizarem. Quando criamos uma visão, uma ideia na nossa mente e a enraizamos no nos- so cérebro, ele vai começar a procurar por referências que suportem essa mesma ideia e a tornem realidade. Com tanta informação que nos chega, de todo o lado, sabermos o que procuramos é um excelente filtro para desviar o que não nos interessa e até para tomar decisões. Isto vai de encontro a minha visão? Se não vai, está fora. Tomar decisões é uma capacidade que se treina. Quantas pessoas conhecem que nunca sabem nada a respeito do que querem? Que não conseguem tomar uma decisão? Como estão essas pessoas na vida? Uma decisão remete para uma ação, remete para um compromisso, remete para a eliminação de todas as outras alternativas. Não há a possibilidade de não conseguires o que te propuseste, já o decidiste, está decidido! Qualquer resultado que tiremos das nossas decisões é um bom resultado, na medida que nos aproxima do que queremos, ainda que seja pelo facto de percebermos que determinado caminho não resulta e que precisa uma outra abordagem. É aqui que a maioria tem medo de chegar. O medo de falhar!! O medo de correr mal!! Foda-se em bom português, que importa mesmo isso? Corre mal, tenta outro caminho. Erros são feedbacks. Já errei tanto meu caro. Já fui motivo de chacota, por agir, pensar de forma diferente. Hoje olho para essas mesmas pessoas e bem... passaria por essa vergonha as vezes que fossem precisas.

“Se não nos batermos por algo, caímos à mínima coisa”

Responsabilidade. Não culpes o governo, o cão, a tua ex-mulher, o teu ex-noivo, o irmão, o padeiro ou o gato por neste momento não estares perto do que queres conquistar. É importante assumir o controlo da tua vida, ainda que não possas controlar muitas coisas que te podem acontecer, podes e tens sempre o poder de ter uma palavra a dizer e uma ação a dar curso! Ao responsabilizares outros, estás a dar mão desse poder. E como diz o ditado, dos fracos não reza a história. Está na hora de te fazeres um homenzinho/mulherzinha. Em toda a situação de crise, há uma situação de oportunidade. Só precisas estar atento(a). Há uma frase que gosto de recordar sempre que isso acontece: “sempre que a vida te virar as costas, apalpa-lhe o rabo.”

Vou-vos contar uma história:

Em 2014, eu trabalhava já como pessoa independente. Tinha os meus alunos e trabalhava já com atletas de competição. Eu dava treinos de personal trainer num ginásio, onde trabalhei muitos anos. Eles sempre me puseram à vontade para dar treinos lá sem me cobrar nada. Fantástico não? Tendo em conta que normalmenteo o dono do ginásio fica com 40 por cento do valor do serviço e 23 por cento vai para impostos (ou mais). Por alguma razão, a dona do ginásio chateou-se comigo (é uma pessoa muito fácil de melindrar, muito boa pessoa, mas muito sensível) e no seu devido direito, disse-me que a partir daquele dia, eu teria que dar uma percentagem ao ginásio e trabalhar em conjunto com uma equipa coordenada. Nossa Senhora, se havia coisa que eu mais abominava era trabalhar para uma equipa coordenada então de modos que, não estava muito virado para aí. Acontece que no condomínio onde morava, havia um ginásio com meia dúzia de barras, pesos e banco, que serviriam perfeitamente para dar os meus treinos. Dêem-me meia dúzia de pesos e eu arranjo maneira de vos deixar todos fodidos de determinado grupo muscular. Isso foi adquirido pois treinei em ginásios muito merdosos, com falta de material, que me obrigaram a arranjar soluções! O que decidi eu fazer então? Com o consentimento dos meus alunos, passaria a dar os treinos ali e mais, gravaria os mesmos e colocaria em forma de ebook com vídeos para todas as pessoas que quisessem treinar em casa, obedecendo a um material mínimo necessário. Arrecadei mais de 4000 euros com esse programa e pude manter os meus alunos. De uma situação de crise, há sempre uma situação de oportunidade. Só precisam estar atentos.

CURRÍCULO

Um dos passos que se dá, na procura de um emprego, é a entrega do currículo. A verdade é que o currículo pouca informação dá ás pessoas que querem empregar. A maior parte é recebida por pessoas que não querem ver o seu lugar ocupado ou ameaçado, então rapidamente é colocado numa pilha de currículos esquecidos. Outras entidades têm a sua própria fornada de pessoas a estagiar e a contratar através de parcerias com cursos/formações. Seja como for, quão bom pode ser o currículo de uma pessoa que acabou de tirar o curso? Eu como empregador, jamais olharia para um currículo. A pessoa que me mostrasse que efetivamente quer aquele lugar, era a que eu escolheria. Não precisa ser a mais bonita, não precisa ser a que tirou a melhor nota na faculdade ou a mais organizada. Precisa de ser sim, a mais esfomeada por sucesso. Essa é a que me vai trazer frutos à minha empresa, dinamismo, energia e ideias. Para ser mais um robô que não sabe pensar por si mesmo. Bem, disso está o mundo cheio. Como empregador, vou olhar para a forma como comunicas comigo, como é a tua atitude, se sabes ouvir, se sabes falar, se me consegues prender a atenção. A minha atenção desvanece em qualquer conversa quando alguém se começa a repetir para reforçar a ideia, quando se junta muita palha do discurso. Frontalidade, simplicidade, síntese e atitude. Se estiver difícil em ter alguma entidade que te aceite para começares a trabalhar, porque não ofereces os teus serviços de graça durante um determinado tempo, e se no fim desse tempo,estiverem satisfeitos com o teu trabalho, contratam-te. O que achas dessa ideia? És uma pessoa de arranjar desculpas, ou de arranjar soluções? És uma pessoa de ação ou passiva? Pois as coisas não te vão cair aos pés de mão beijada. Trabalhar para uma entidade é apenas um meio para chegar a um fim, a não ser que isso seja o que preenche as tuas necessidades. Eu não acho que seja, doutro modo também não terias comprado este ebook. Mas repara, tu precisas:

— Ganhar experiência — Conhecer pessoas — Estabelecer uma boa rede de contactos — Desenvolver as tuas capacidades de relacionamento com o próximo

— Desenvolver capacidade de vender — Desenvolver competências na área — Ganhar dinheiro — Poupar dinheiro — Mostrar trabalho — Criar a tua marca

Numa fase inicial poderá ser mais fácil colocar vistos em cada um desses pontos, trabalhando para alguém. É um meio para atingir um fim. A tua liberdade

Posts recentes

Ver tudo

CAPITULO 3 - TIRO AO ALVO

Nesta fase quero que definas o teu alvo. Vais persegui-lo como se uma questão de vida se tratasse. Como uma leão esfomeado a perseguir a presa. Essa imagem não te dá uma certa energia/motivação? Motiv

CAPITULO 2 - LICENCIATURA E FORMAÇÃO

Formação é importante e aqui, isso é um ponto necessário. Nesta área, para poderes ter o certificado que te permite trabalhar nela deverás então tirar a licenciatura em desporto ou, na minha opinião a

  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

CONTACTO: 910 770 088

INSTAGRAM:

TIAGOT3© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. DESENVOLVIDO POR DISAINE

POLÍTICA DE COOKIES